quinta-feira, 17 de julho de 2014

Ossos do ofício...



- Por: Cristina Baptista - 

Se me dissessem que a Abelha Maia ia ser a minha melhor amiga, companheira de todas as horas, que ia saber o genérico de cor e salteado (acompanhado de mímica...don't ask...), eu jurava a pés juntos que preferia ser eremita no Butão.






Alguém me acompanha nesta dor?
Exorcizem os vossos Nody's, Pokoyo's e afins, por favor, comentando este post!

7 comentários:

Hoje Vou Casar Assim disse...

Essa eu ainda não me lembrei de cantar :p
Mas realmente tenho que aumentar o meu repertório!

Canto a do cavalo no carrossel, a machadinha, a twinkle twinkle little star, a do barquinho, e pouco mais.

Ni disse...

Pela tua saúde, mantém-te com essas! lol Olha que depois não há volta! :)

Mamã C. disse...

Oh God!
Por cá, 'ainda' nao há disso :P

Ana Carvalho disse...

Por aqui gostamos de tudo do BabyTv... dou por mim a cantar as músicas na casa de banho :P são giras pahhh! O Charlie e os numeros, a familia feliz... adoro!

Tita Sousa disse...

Cantava canções infantis há 22 anos! Agora continuo a cantar mas com coro porque aquelas para quem cantava agora cantam comigo! É cada festival! É uma alegria pegada. " Mãe, lembraste desta?, Mãe, cantam está agora". É espetacular.

Ni disse...

Tita Sousa e quando cantamos no trabalho e toda a gente pensa que enlouquecemos??? É impagável!

dolphin disse...

Eu canto um pouco de tudo até porque já o fazia no meu dia a dia na creche. Este é um prolongar muito mais doce da minha atividade enquanto educadora.